Bruna Rafaele

Sou Psicanalista Lacaniana, especialista em Saúde Mental e tenho formação em Mentoria (Coaching) pela FGV e pela UCI Irvine. Também sou escritora e pode ter sido através da leitura de um dos meus artigos em meu blog Mestre de Si, em outras revistas eletrônicas ou impressas que você me conheceu porque amo escrever textos sobre os assuntos que me interessam para que meus clientes que acompanham o meu trabalho há mais de 10 anos façam suas reflexões.

16 comentários

  1. Adriana Furtado
    abril 28, 2018 @ 12:11 am

    Muito bom, Bruna!!! Concordo com vc

    Reply

    • Bruna Rafaele
      abril 28, 2018 @ 12:18 am

      Fico muito feliz em saber que você gostou! Muito obrigada por sua opinião! Ela é muito importante para eu dar continuidade com meus artigos!

      Grande abraço

      Reply

  2. Bianka
    abril 28, 2018 @ 12:14 am

    Achei muito rico nas informações. Temos que aprender a nos conhecer e nos permitir opinar sobre nós mesmos.

    Reply

    • Bruna Rafaele
      abril 28, 2018 @ 12:21 am

      Oi querida!

      Fiquei extremamente feliz em saber sua opinião sobre o artigo! Isso transforma minha forma de escrever meus textos! Concordo com você, precisamos nos conhecer para saber nossos desejos!

      Grande abraço

      Reply

  3. Márcia Romano
    abril 28, 2018 @ 12:41 am

    Adorei o texto. Explicou o assunto de forma clara, limpa, e o mais importante, com linguagem acessível a qualquer tipo de leitor.
    Parabéns!!

    Reply

    • Bruna Rafaele
      abril 28, 2018 @ 1:00 am

      Oh querida!

      Que bom que você gostou e postou seu comentário! Fico muito feliz em saber que consegui transmitir o conteúdo! Meu objetivo é esse mesmo, trazer conhecimento de maneira prática.

      Grande abraço

      Reply

  4. Rennata
    abril 28, 2018 @ 1:02 am

    É interessante perceber os olhares diversos com relacão a mulher e potencializar a ideia que a mulher nao necessariamente precisa ser mãe para ser completa. Gratidão pela troca e a oportunidade de fortalecimento através da leitura.O nosso sagrado feminino precisa ser cuidado .Precisamos nos regar umas com as outras .Cheiro!

    Reply

    • Bruna Rafaele
      abril 28, 2018 @ 1:14 am

      Oi Rennata!

      Fico muito feliz de saber que o meu artigo trouxe fortalecimento do que é ser mulher.

      É isso mesmo, precisamos aprender a nos fortalecer, a descobrir como o feminino está presente em nossa forma de ser mulher.

      Continue acompanhando os meus artigos, sempre tem novidade!

      Grande abraço!

      Reply

  5. Ana Carolina Reis M. Farjoun
    abril 28, 2018 @ 10:51 am

    “…Mulheres fálicas que são mulheres fortes e com determinação para alcançar o que querem…”
    Adorei. Tenho certeza que sou uma mulheres fálica e me identifiquei muito com o texto.
    Parabéns, Bruna, seu texto é instrutivo e conciso.

    Reply

    • Bruna Rafaele
      abril 28, 2018 @ 7:49 pm

      Oi Ana Carolina!

      Muito obrigada por me deixar saber que meu texto conseguiu transmitir conhecimento!

      Com certeza você, uma mulher guerreira, que faz as coisas que deseja acontecer na sua vida é uma mulher fálica!

      Grande abraço

      Reply

  6. Vânia Borges
    abril 28, 2018 @ 12:43 pm

    Bruna gostei muito do texto, é esclarecedor e nos remete a reflexão sobre o tema.

    Reply

    • Bruna Rafaele
      abril 28, 2018 @ 7:50 pm

      Oi Vânia querida!

      Fico muito feliz em saber que você gostou do conteúdo que explorei no texto!

      Que bom saber que eu trouxe a reflexão!

      Grande abraço

      Reply

  7. Maria de Fátima de Souza Silva
    abril 30, 2018 @ 5:25 pm

    Adorei o texto! Uma boa reflexão.parabéns 💋❤️

    Reply

    • Bruna Rafaele
      maio 1, 2018 @ 2:07 pm

      Que bom que você gostou!

      Muito obrigada pelo seu comentário!

      Grande abraço

      Reply

  8. Renata
    abril 30, 2018 @ 10:50 pm

    Adorei o artigo e concordo contigo, acho que somos únicas, e que temos características e assim compondo nosso ser e caminho.

    Reply

    • Bruna Rafaele
      maio 1, 2018 @ 2:09 pm

      Que bom que você gostou do artigo!

      Sim, toda mulher é única na sua maneira de ser, pensar e agir!

      Grande abraço!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!